Anúncio
Conheça a ferramenta de envio de newsletters chamada WebMailer
Se você precisa enviar e-mails em lote para seus clientes, conheça a ferramenta WebMailer. Acesse www.webmailer.com.br
Enquete

Comentários inseridos sobre a enquete:
O que pensa sobre a despenalização do aborto votada em referendo ?

Para inserir um novo comentário, clique aqui.

DataAutor
12/01/2014 14:43:32Luís Moreno
luis.moreno@campus.ul.pt
Deve ser de novo discutida porque faz falta e todos temos esse direito.


23/09/2004 13:59:17confidencial
O meu voto: é um drama... não é, exactamente a minha opinião, mas constatação de facto. Foi o que disse o resultado do referendo. É um assunto particular, que não pode ser penalizado pela lei. A lei serve para punir actos que aferctam a sociedade.


16/02/2004 22:52:31confidencial
apesar de mulher penso que a questão do aborto diz respeito a todos, e como não foi bem discutida ou melhor de forma esclarecida, foi mais uma luta politica e de controle religioso, penso que de novo deveria ser debatida de forma democrática e livre de pr


07/11/2003 22:00:31confidencial
1) Indignação e repúdio pelo "francesismo"; 2)Se a relação foi de acordo, o pai tem tantos direitos como a mulher; 3) A penalização é ilegítima.É da consciência exclusiva dos responsáveis. Pode ser "pior" do que "melhor"mas deve ser eugénico.


26/03/2003 08:29:56confidencial
O aborto nunca será a melhor solução, nem deverá ser a primeira opção. A contracepção deverá estar em 1º lugar, no entanto, acho que o aborto não deverá ser penalizado.


05/03/2003 18:26:27Vitor Manuel Martins da Silva Correia
vmmsc@mail.telepac.pt
As 4 hipóteses de resposta não me satisfazem. Escolhi "o menor dos males".


13/08/2002 08:58:29Paulo Castro Lopes
palocastro@clix.pt
Porquê "enquete"? E porque não compilar os principais argumentos (e contra-argumentos) contra e a favor da despenalização do aborto e apresentá-los aqui? Isso seria uma base apropriada para comentários enriquecedores...


28/03/2002 07:22:26confidencial
1º-ed. sexual:tarefa de pais e educadores;2º-prevenção e contracepção;3ºResponsabilidade do acto: homem+mulher;4º-Ninguém é dono da VIDA!.... E cm já foi dito,cd caso é 1 caso..ninguem pode julgar!mas despenalizar é tornar legal"matar"em qq circunstância!


14/03/2002 11:17:23confidencial
penso que deve ser um direito para certos casos exemplo uma pessoa que foi violada , para as outras que nao utilisam a contracepçao acho que devem assumir o bebe


24/10/2001 04:41:22João Machado
jlmachado@hotmail.com
É com "democracia" que é preciso observar a hipocresia das tristezas!


09/10/2001 20:44:28Maria Jose
mjviola@iol.pt
E com tristeza que continuo a observar a hipocresia deste pais "democratico".


06/10/2001 08:57:47hardsex
sweethardick@hotmail.com
nao andem p'ra ai como coelhos.(alias posiçao aceitada pelo governo ao mandar os outros ensinar os filhos na escola)


27/09/2001 15:05:00confidencial
Porquê 'enquete'. Inquérito não servia? Ou a cidadania em questão é a francesa?


17/09/2001 19:03:23confidencial
enquanto houver mulheres a sofrer, algumas até a morrer, é por demais evidente que este tema não só deve como é imperativo que seja discutido e até referendado as vezes necessárias a se tornar concensual. Não descurando obviamente a educação sexual.


10/09/2001 12:48:23Gonçalo Santos
gonzo.santos@netc.pt
Para além do direito a sermos ouvidos em referendo, como em qualquer democracia que se preze, devem os nossos dirigentes educar as massas em termos sexuais, e não ser tão paternalistas... já ninguém é criança, nem ninguém gosta de ser tratado como tal!


09/09/2001 13:17:31Almerinda da Rocha Gonçalves
argla@netc.pt
Fiz alguns em tempos idos e nunca foi de animo leve,Só quem passa por tal situação é que sabe dar o valor ao acto, não conta só a parte monetária,como tambem físico e a consciência .Se tivesse que recuar no tempo faria a mesma coisa. Para passar fome ?


04/09/2001 11:59:24confidencial
Para problemas estupidos respostas idiotas. Se e uma questao de saude muito bem. Se e um problema de falta de educacao sexual resolva-se antes de tudo isso. Dizer que e uma questao de escolha e irresponsavel: ja ha suficientes alternativas ao aborto


04/09/2001 07:17:10Jorge Curvelo
jgmcurvelo@sapo.pt
É indispensável que seja despenalizado


03/09/2001 19:07:28Goncalo Moura
moura.goncalo@mail.pt
Exponho ja,1º q tudo,q sou a favor d aborto.Mas independente/ dessa minha posição,é claro q o aborto deve ser despenalizado,deixando assim p/ a consciência de cada 1,2º os seus valores,se deve ou n fazer 1 aborto.sendo ilegal cria-se uma dita "ditadura"!


03/09/2001 17:25:52confidencial
Para quê preconceitos, se se continuam a praticar ilegalmente com riscos elevados.Por outro lado será que vale a pena viver pelos cantos sem condições dignas de vida!!


03/09/2001 04:08:32Nuno Travanca
n.travanca@clix.pt
esta temática deve ser nova/ levada à assembleia e ser feito um diploma com pés e cabeça , chamo a atenção a um peq pormenor....apesar de concordar q a mulher é a princ. visada neste prob, n esquecer q p/ gerar um feto o h. tb contribuiu deve ser ouvido=


02/09/2001 23:04:51cubeRT
nobody@cintcorp.com
jah agora, sou 100% a favor da despenaliZação do aborto seja lah em q caso for pq um feto não passa de um POTENCIAL ser humano. Nem corpo nem o feto são dos politicos... quem decide deve ser sp a "mãe" SEMPRE!


31/08/2001 11:44:22confidencial
Embora o aborto seja algo que so as mulheres sentem, a verdade é que ao fazer um aborto estão a tirar uma futura criança que também teria um pai, assim sendo os homens também deve ter direito a dizer se querem ou não que hajam abortos.


29/08/2001 06:14:26confidencial
Julgo serem necessárias novas discussões mas à luz duma pedagogia que envolva o perfeito conhecimento do Ser .


24/08/2001 02:00:39José Madureira
humberto_grosso@hotmail.com
Este assunto não está encerrado. Deve ser feito novo referendo.


18/08/2001 20:00:09confidencial
ó serviria ´para aumentar a receita da máfia de branco.


14/08/2001 08:31:09confidencial
nao tem direito algum pois neste país de m... so serviria para aumentar & atrapalhar os hospitais para alem da natural sub-versao de valores


12/08/2001 19:15:15confidencial
Visto tratar-se de uma questão das mais importantes para toda/os a/os Portuguesas/es, a questão devia ser amplamente debatidas em todos os meios de comunicação, antes de ser novamente submetida a referendo.Po


11/08/2001 20:05:43Henrique Alberto Silveira Luiz
ucpalop@compuland.com.br
O aborto é um drama, só quem por ele passa é que pode avaliar. Só pode dizer se quer fazer, ou não aqueles que estão envolvidos; a mulher em primeiro lugar depois o parceiro. A hipocresia sobre este assunto é grande. Quem precisa fazer que o faça!!


10/08/2001 21:07:48Vilmaro Rodrigues
vilmaro@hotmail.com
NASCER,ou Nascimento diz tudo (antes de... Depende do coração de cada um, NO MOMENTO)


08/08/2001 19:13:13confidencial
As opções indicadas estão mal construídas. falta a prinicipal: o povo português já decidiu em referendo que é contra o aborto


07/08/2001 14:20:04manuela sabino
manuelasabino@mail.telepac.pt
A despenalização do aborto devia ser amplamentediscutida através da comunicação social e encaradas de uma vez por todas as condições sociais humanas e económicas que levam à interrupção voluntária da gravidez. Medidas sociais deviam ser tomadas


07/08/2001 10:39:20confidencial
as alternativas que foram apresentadas não contemplam os diferentes pontos de vista sobre o problematica. pois o problema é de ambito social, cultural, politico e de uma historica conjutura..


02/08/2001 10:45:40confidencial
É um assunto que deve ser discutido com sensibilidade e realismo, não pondo primeiro plano interesses politicos. Hoje em dia mulher tem ao seu alcance bastantes métodos de evitar a gravidez. Não há desculpas. Sou a favor legalização situações especificas.


30/07/2001 12:36:55Marta
martanogueira@ip.pt
Considero este tema importante.Foi por isso que votei a favor da sua legalização.No entanto,pior do que não ter sido legalizado,foi o facto de + de 60% dos portugueses,eleitores,não ter considerado o tema importante e ter ido à praia.Também fui.Mas votei.


21/07/2001 23:38:41Fabiana
mahamaya@bol.com.br
Educação é tudo. Antes que todo mundo se sinta no direito de a qualquer instante se desfazer de uma vida, é preciso educar e manter todos conscientes dos meios contraceptivos e dos males que um aborto possa vir a causar. Mas acho que a mulher deve ter o


21/07/2001 07:33:26Pedro Lino
pedrolinosilva@sapo.pt
as correntes estão a acabar, leis ligadas a coorentes são retrogadas, só poderão servir os H. de hoje, logo adaptem á realidade porque a minha esposa pode ir a um hospital de espanha fazer aborto legal


17/07/2001 08:04:11jacinto pereira
jacintopereira@yahoo.com.br
Ninguem tem o direito de tirar a vida a um ser humano´´Será um crime perante deus e uma imoralidade extrema no mundo dos homens


16/07/2001 21:06:41confidencial
Acho que primeiro que tudo todas as mulheres deveriam ter acesso a uma verdadeira educação. Acho que os Pais teem um papel muito importante nisso e por fim o aborto é um assunto muito pessoal e as leis são generalistas. Por isso no limite concordo


16/07/2001 06:50:49confidencial
As propostas colocadas para responder são absurdas e tendenciosas. Não concordo com nenhuma.


14/07/2001 18:13:04Isa
isabel79@portugalmail.pt
Acho q esta discussão é um pouco utópica, na medida em que não poderemos generalizar este assunto. Acho que cada caso é um caso e deve ser analisado com mto cuidado...


04/07/2001 10:03:52António Serrão
serraomsg@hotmail.com
Toda a matéria social deve ser Referendada


22/06/2001 17:47:36confidencial
Já foi tudo discutido. Há que apostar na contracepção.



Para inserir um novo comentário, clique aqui.

vote nessa enquete...  veja o resultado parcial dessa enquete...  deixe seu comentário sobre essa enquete...  envie esta enquete para um amigo...  acompanhe o andamento desta enquete... 

© 1999-2018 - Enquetes
Crie sua enquete na Internet!
Achou essa enquete imprópria, ofensiva ou é sobre eleições com nomes de candidatos? Denuncie!
Advertência: Enquete não é pesquisa e não pode ser considerada como tal. A lei eleitoral proíbe enquetes sobre intenções de voto. Denuncie sempre que você constatar que se trata de uma enquete de cunho eleitoral.